Para garantir a segurança durante a realização do Rock in Rio 2019, que reunirá um público em torno de 700 mil pessoas em sete dias de evento, a Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro montou um planejamento especial, mobilizando 469 policiais e 92 viaturas por dia para atuar nas imediações da Cidade do Rock, nos corredores de acesso e locais de concentração de público. A segurança interna caberá a uma empresa privada contratada pelos organizadores do festival.

Nos sete dias do evento – desta sexta-feira (27/09) a segunda-feira (30/09) e de 03 a 06 de outubro – haverá reforço no policiamento nos principais eixos de acesso à Cidade do Rock, terminais rodoviários da Região Metropolitana, estações do metrô, do BRT e de outros modais de transporte. Haverá também policiamento especial no entorno de hotéis das Zonas Sul e Oeste que hospedarão artistas e delegações que estarão na cidade para participar do evento.

Planejado pela Subsecretaria de Gestão Operacional da PM, a coordenação do policiamento ficará a cargo do 31º BPM (Barra da Tijuca e Recreio), que receberá reforço de policiais militares de unidades operacionais da capital, Baixada Fluminense e do interior do estado, como também das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

No local do evento, será instalado um Centro Integrado de Comando e Controle Móvel. Policiais do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) farão parte do policiamento no entorno da Cidade do Rock para dar assistência aos turistas estrangeiros. Também reforçarão o policiamento nas imediações do festival equipes do RPMont (Regimento do Polícia Montada), com 12 policiais a cavalo a cada dia de evento. O Grupamento Aeromóvel (GAM) disponibilizará um helicóptero para fazer o monitoramento não só da área do festival, como dos principais corredores de acesso.

Integram ainda o reforço policiais de outras unidades especiais, como RECOM (Rondas Especiais e Controle de Multidões), BEPE (Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios), BPVE (Batalhão de Policiamento em Vias Expressas) e BPRv (Batalhão de Polícia Rodoviária).

Três unidades do Comando de Operações Especiais (COE) – BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), BPChq (Batalhão de Polícia de Choque) e BAC (Batalhão de Ações com Cães) – ficarão de prontidão para atuar em situações de emergência.