Uma justa homenagem da Alerj à nossa Corporação

Por Wolney Dias – Cel PM – Comandante-Geral

Foi muito gratificante representar a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro na homenagem prestada pela Assembleia Legislativa para marcar os 208 anos de fundação de nossa Corporação.

Realizada na manhã do dia 19 de junho no plenário da Alerj, a sessão solene comemorativa dos mais de dois séculos de existência da PM foi proposta pelos deputados Fatinha e Carlos Osório com apoio unânime de todos os parlamentares do legislativo fluminense. Tanto Fatinha como Carlos Osório ressaltaram o caráter imprescindível  de nossa instituição.

“É preciso defender a ampliação dos direitos dos policiais militares. É nosso dever prestar o apoio a todas as medidas em favor dos policiais”, disse a deputada Fatinha ao abrir a sessão.

“Vocês são os verdadeiros heróis da população do Rio de Janeiro. É a PM que permite que o nosso estado possa funcionar”, discursou em seguida o deputado Osório.

As placas comemorativas recebidas por mim e pelos demais colegas de farda homenageados devem ser estendidas a todos os 45.429 policiais militares, homens e mulheres que trabalham diuturnamente em defesa da sociedade. Devem ser estendidas também, em memória, aos nossos companheiros que foram mortos.

No discurso que proferi em nome de toda a Corporação, ressaltei o nosso espírito guerreiro, a nossa inigualável capacidade de superação nos momentos mais difíceis e a nossa convicção de que contaremos com o apoio do poder legislativo para superar as dificuldades que estamos enfrentando.

Sobre a sessão solene, vale registrar a presença massiva de policiais militares de diferentes patentes no plenário da Alerj, a participação sempre competente da Banda da Polícia Militar e a bonita apresentação do coral do maestro Sidney Marzullo, composto por cantores deficientes visuais.